Páginas

sexta-feira, 10 de junho de 2011

PROJETO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Protetores do Planeta: Repensando a preservação do ambiente na comunidade do Patal



“Pensar globalmente, agir localmente é mudar o mundo”

Elaborador: Rondinelle Santos Amorim





Augusto Corrêa-PA
2011


JUSTIFICATIVA
Após a observação, juntamente com os alunos, de acúmulo de lixo em alguns locais na comunidade do Patal, surgiu à preocupação com relação ao nível de conhecimento dos moradores sobre os problemas que o lixo pode causar ao meio ambiente. Houve-se então a necessidade de elaborar este projeto que apresenta algumas orientações sobre as formas adequadas de cuidar do lixo produzido. Assim alertando-lhes e despertando-lhes para a importância da preservação do meio ambiente e do descaso que não podemos ter com ele. Pois é preciso repensar, reduzir, reutilizar e reciclar o lixo, cada um de nós temos uma parcela de responsabilidade, que tal começarmos a dar a nossa contribuição no dia-a–dia? Refletir a cerca do problema do lixo enfatiza a necessidade de reavaliarmos nossa interferência nos diversos ambientes da terra e a importância de desenvolvermos uma consciência ecológica que nos ajude a preservar a vida no planeta. Por isso, a educação ambiental é uma das melhores formas de conscientizar a população sobre os problemas que as ações humanas no meio ambiente podem trazer para a sociedade.
“As pessoas cuidam do meio ambiente por duas razões apenas:por amor ou por temor. Vale dizer, algumas pessoas conservam a natureza porque gostam, porque acham bonito, independente para ela servir para alguma coisa. Elas conservam por razões puramente afetivas . Outras conservam porque já ouviram falar no desequilíbrio ecológico, porque tem medo de cortar a mata, assorear os rios, acabar com o oxigênio, a poluição dá doença, etc. Assim, basicamente nós temos um fator afetivo e um fator cognitivo, este depende do conhecimento. A preocupação maior de um educador ambientalista deve ser o de desenvolver no aluno esses dois fatores.(OLIVEIRA, 1990,p.18)
OBJETIVO GERAL
  Sensibilizar os alunos e a comunidade sobre a importância da preservação do nosso meio ambiente.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
  Identificar o problema que envolve a quantidade de lixo gerado, os tipos de lixo e qual o seu destino final;
  Conhecer os locais com acúmulo de lixo que representam o desrespeito ao meio ambiente;
  Identificar igarapés que se encontram com problemas ambientais;
  Estudar os problemas encontrados na comunidade;
  Pesquisar sobre o tema;
  Constatar o nível de informação da comunidade sobre as formas de tratamento do lixo;
  Orientar sobre os diversos tipos de tratamento do lixo;
  Relacionar o lixo produzido nas pequenas comunidades com os das grandes cidades;
  Diferenciar os processos de redução, reutilização e reciclagem, identificando os materiais que podem passar por esse processo;
  Ensinar a confeccionar matérias com o lixo;
  Refletir sobre a responsabilidade dos seguimentos da sociedade.
PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS
- Visitas a locais com lixo;
- Entrevistas realizadas com a população da Patal;
- Elaboração de cartazes informativos;
-Apresentação de dados estatísticos;
-Painel de fotografias
-Pesquisa bibliográfica
- Confecção de artesanatos com garrafas Pet e outros materiais.
- Construção de um jogo de trilha.
RECURSOS DIDATICOS
- Impressão de fotos
- Cartolinas
- Pincéis Atômicos
- Tinta guache
- Stands
- Fichas para entrevistas
- Câmera fotográfica
- Garrafas Pet
- Fita crep
- Jornal
- Computador
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
- FAVALLI, L.D. et al. Projeto radix. 1. Ed. São Paulo: Scipone,2010
- SANTANA, O. A e NETO, A.F.F. 3 ed. São Paulo: Saraiva,2010
- SANTO, A.R.E. et al. Fundamentos da Educação ambiental. Belém: Ed UFPA, 2005.
 - SATO, Michele,2003- Educação Ambiental. São Carlos- SP.
HTTP:// WWW.reasul.univoli.br/ tendecias EA_ Michele. htm

Um comentário:

  1. Obrigada pelo acesso ao meu blog. Gostei desse projeto e acredite seu blog tem potencial, basta ter atualizações periódicas.
    Abraços
    Daniela Torres

    ResponderExcluir